Novidades do Mercado



Em outubro vendas do varejo de material de construção crescem 6%

Desempenho é sobre o mesmo período de 2016. Na comparação com setembro de 2017, as vendas aumentaram 2%.

Em comparação com o mesmo período de 2016, as vendas do varejo de material de construção cresceram 6% em outubro. Comparando com setembro de 2017, as vendas aumentaram 2% no mês. Os dados são da Pesquisa Tracking mensal da Anamaco, que entrevistou 530 lojistas entre os dias 27 a 31 de outubro.

“Com esses resultados apresentados, o volume de vendas no ano apresenta alta de 6%, se comparado ao mesmo período do ano passado. Já nos últimos 12 meses, conseguimos atingir o crescimento de 2,5%”, explica o presidente da Anamaco, Cláudio Conz.

 

De acordo com o relatório, o desempenho em outubro foi diferente nas regiões do país. No Sudeste apresentaram desempenho de 2% de crescimento, já no Centro-Oeste, as lojas retraíram 1%. O Norte e o Nordeste foram as regiões que mais apresentaram variações, ambas apresentando crescimento de 4% nas vendas, obtendo um resultado positivo em comparação ao mês passado.

 

“Telhas de fibrocimento e tintas são as categorias que impulsionaram o setor este mês, reafirmando que a família brasileira está iniciando as reformas das casas para as festas do final de ano”, afirma Conz. “Tradicionalmente esse é um momento do ano em que as tintas vendem em grande escala. Já as telhas, que tiveram alta de 7% nas vendas, são um indicativo de obras de prevenção por conta das chuvas de verão, que costumam causar estragos, principalmente relacionados a infiltração. Além disso, em outubro tivemos uma quantidade de chuva muito acima do mês anterior, o que aumentou os casos de goteira e vazamento, provocando a necessidade de substituição das telhas”, completa.

 

Segundo Conz, o desempenho do setor em outubro também foi influenciado pela queda da inflação, que melhorou levemente o poder aquisitivo. O aumento do índice de emprego em todo o Brasil melhorou a confiança dos consumidores, que voltaram a planejar reformas e pequenas obras. Além disso, a nova Lei Trabalhista é um fator que irá manter e contribuir com o crescimento futuro.

 

 “As reformas costumam se intensificar nos meses de outubro e novembro, pois ninguém costuma lidar com obras muito próximo do Natal. A nossa expectativa é de fecharmos o ano com crescimento de 5% sobre 2017 e continuamos otimistas para 2018. O Cartão Reforma e o Construcard devem aquecer ainda mais o início do ano que vem”, declara.

Dentre os lojistas entrevistados, 36% pretendem fazer novos investimentos nos próximos meses. Cerca de 26% das lojas contrataram novos funcionários em outubro e 17% pretendem aumentar o seu quadro no mês de novembro.

 

A Pesquisa Tracking Anamaco tem o apoio da Anfacer, Abrafati e Instituto Crisotila Brasil.

Fonte: Anamaco



Av. Tancredo Neves, 1632, Edf. Salvador Trade Center, Sala 2215, Torre Norte, Caminho das Árvores - Salvador-BA CEP 41820-020
Telefones: (71) 3113-2480 | 3113-2481 | (71) 98117-6672 (WhatsApp) | (71) 98108-6697
E-mail: contato@acomac-ba.com.br ACOMAC - BAHIA © 2019. Todos os direitos reservados.