Novidades do Mercado



IBGE: Varejo do Brasil surpreende e tem melhor resultado para abril em 9 anos

O varejo ampliado, que inclui veículos e material de construção, apresentou ganho de 1,5% para o volume de vendas e de 2,3% para a receita nominal, em abril contra maio. No ano, o setor de material de construção apresenta alta de 3,8% na comparação com o mesmo período do ano passado. Nos últimos 12 meses, o desempenho é de queda de -3,8%.

As vendas no varejo do Brasil surpreenderam e registraram a maior alta para abril em nove anos, com forte impulso dos setores de supermercados e vestuário.

As vendas subiram 1% em abril na comparação com março e 1,9% em relação ao mesmo período do ano passado, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta terça-feira (13), desempenhos muito melhores do que o esperado em pesquisa da Reuters, que indicava recuo de 0,55% e 1,30%, respectivamente.

O resultado mensal foi o mais forte para abril desde 2008, quando as vendas também subiram 1%, e o setor quase recuperou a perda de 1,2% vista em março, após revisão do IBGE, que havia informado perda de 1,9%.

A recuperação na confiança do consumidor, o rápido declínio nos preços dos alimentos e na inflação geral, que estão sustentando o crescimento da renda real, e a queda das taxas de juros devem começar a sustentar o consumo privado e a atividade varejista”, disse em nota o diretor de pesquisa econômica do Goldman Sachs, Alberto Ramos.

A principal influência positiva veio das vendas no setor de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, que tem peso importante no consumo das famílias, com alta de 0,9% sobre março.

“[Supermercados] refletem a inflação mais baixa, o que ajuda no poder de compra das pessoas. Tem também efeito positivo da liberação do FGTS de contas inativas, que tem impacto no consumo”, explicou a coordenadora da pesquisa, Isabella Nunes.

Já as atividades de tecidos, vestuário e calçados mostraram ganhos nas vendas mensais de 3,5%, enquanto a comercialização de equipamentos e material para escritório, informática e comunicação subiram 10,2%.

O varejo ampliado, que inclui veículos e material de construção, apresentou ganho de 1,5% das vendas em abril contra março.

O varejo no Brasil está inserido numa conjuntura que envolve ao mesmo tempo inflação baixa e desemprego alto, com recuperação econômica frágil.

Veja a pesquisa completa:  ftp://ftp.ibge.gov.br/Comercio_e_Servicos/Pesquisa_Mensal_de_Comercio/Fasciculo_Indicadores_IBGE/pmc_201704caderno.pdf

Fonte do texto: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/06/1892561-varejo-do-brasil-surpreende-e-tem-melhor-resultado-para-abril-em-9-anos.shtml

 



Av. Tancredo Neves, 1632, Edf. Salvador Trade Center, Sala 2215, Torre Norte, Caminho das Árvores - Salvador-BA CEP 41820-020
Telefones: (71) 3113-2480 | 3113-2481 | (71) 98117-6672 (WhatsApp) | (71) 98108-6697
E-mail: contato@acomac-ba.com.br ACOMAC - BAHIA © 2019. Todos os direitos reservados.